"COMO EU SE VIRO NA ESCRITA: UM GUIA POLITICAMENTE INCORRETO PARA ESCREVER E SER ENTENDIDO" (EBOOK GRÁTIS!)



EBOOK
TÍTULO: "COMO EU SE VIRO NA ESCRITA: UM GUIA POLITICAMENTE INCORRETO PARA ESCREVER E SER ENTENDIDO"
AUTOR: FELIX REGO
INSTRUÇÕES DE USO: O LIVRO PODERÁ SER LIDO INTEGRALMENTE AQUI NO SITE DA ARANHA MARROM, NÃO HAVENDO NECESSIDADE DE "BAIXAR" NADA NEM PREENCHER FORMULÁRIO.
CAPÍTULOS: OS CAPÍTULOS SERÃO PUBLICADOS TODAS AS 5ª FEIRAS ÀS 20:00H, A PARTIR DE 1º DE JUNHO/20.

PROIBIDO: A REPRODUÇÃO DE QUALQUER PARTE DESTA OBRA SEM A PERMISSÃO EXPRESSA DO ATOR.


SUMÁRIO

CAPÍTULO 1 - Introdução rapidinha.

CAPÍTULO 2 - Por que e para quem escrever.

CAPÍTULO 3 - Tipos de escritas que já eram.

CAPÍTULO 4 - Criatividade, clareza e economia de palavras: como resolver essas tretas.

CAPÍTULO 5 - Sem essa de entrar numas com regras gramaticais.

CAPÍTULO 6 - Desapegando ou: rumo ao estilo próprio.

CAPÍTULO 7 - Como escrever armadilhas para influenciar leitores.

CAPÍTULO 8 - Três dicas de como escrever dando uma de erudito para impressionar idiotas.

CAPÍTULO 9 - Como imitar e fazer pastiches sensacionais: três caras que valem a pena ler por cima para imitar.

CAPÍTULO 10 - Por que ler frases e não livros para aprender a escrever.

CAPÍTULO 11 - A maior escola de escritores do mundo.

CAPÍTULO 12 - A escrita matadora de hoje em dia.

CAPÍTULO 13 - Mandando ver na internet e nas redes sociais: posts e artigos que colam.

CAPÍTULO 14 - Duas abobrinhas americanas chamadas Storytelling e Copywriting.

CAPÍTULO 15 - Mandando o leitor catar coquinho.

CAPÍTULO 16 - Marketing de conteúdo sem conteúdo e com conteúdo.

CAPÍTULO 17 - Escrever não é coisa pra se levar a sério.

CAPÍTULO 18 - Sete questões para você meditar quando for ao banheiro.

CAPÍTULO 19 - Se gostou deixa um trocado na caixinha.


Outras obras do autor:
  • Regras úteis e práticas para os advogados persuadirem os juízes.
  • Deuses, bustos e sábios de Curitiba.
  • Urbanóticos - poemas.
  • Aranha no bolso - poemas urbanóticos.
  • Histórias marcianas.
  • Breve história da Freelosofia.

Ebooks em andamento:
  • Histórias marcianas com gosto de Cloroquina.
  • PPP: Poemas da Porra da Pandemia.
  • 7 Abobrinhas e um pepino do Marketing Digital americanóidio.
  • Inbound Marketing: me engana que eu gosto, Tio Sam!

Obra revista e atualizada em andamento:



Um texto de Felix Rego

CHARLATANICES DA LÍNGUA OU: A ARTE DO ESTILO EMPOLADO

Sicofanta é uma pessoa mentirosa, velhaca, difamadora. Sinecura é um emprego no qual não é preciso trabalhar, algo parecido com prebenda ou veniaga, e azáfama significa muita pressa ou urgência.

Palavras como essas deveriam ser banidas definitivamente de qualquer discurso nos dias atuais.

São palavras antigas que ninguém conhece, e não se perde nada com isso. Obsolescências puras, pura perda de tempo, palavras incompreensíveis mas que entretanto alguns continuam insistindo em utilizar.

Sou totalmente infenso a esses epígonos da charlatanice da língua, que como eu tentam mesmerizar as atenções para seus umbigos carentes, através de velharias obsoletas como essas.


Quem é Felix Rego